Receba as atualizações do † Almas Devotas ➜ Recadastre-se

Enter your email address:

Quarta-Feira de Cinzas

O Porquê das Cinzas...
O uso litúrgico das cinzas tem origem no Antigo Testamento. Elas simbolizam dor, morte e penitência. A Bíblia conta a história de Jó e mostra seu arrependimento, quando ele se veste com um saco e se cobre de cinzas (Jó 42,6). Daniel, ao profetizar a captura de Jerusalém pela Babilônia, escreveu: "Volvi-me para o Senhor Deus a fim de dirigir-lhe uma oração de súplica, jejuando e me impondo o cilício e a cinza" (Dn 9.3). No século V antes de Cristo, depois da pregação de Jonas, o povo de Nínive proclamou um jejum a todos, se vestiram de sacos, inclusive o Rei, que sentou sobre cinzas (Jn 3.5-6). Estes exemplos demonstram a prática de se utilizar as cinzas como símbolo de arrependimento.
No Novo Testamento, o próprio Jesus fez referência ao uso das cinzas. Ele disse as pessoas que não se arrependiam de seus pecados, apesar de terem visto milagres e escutado a Boa Nova: "Ai de ti, Corozaim! Ai de ti, Betsaida! Porque se tivessem tido feitos, em Tiro e em Sidônia, os milagres que foram feitos em vosso meio, há muito tempo elas teriam se arrependido sob o cilício e as cinzas" (Mt. 11,21).
E a Igreja, desde o inicio, continuou a prática do uso das cinzas com o mesmo simbolismo. Com o passar do tempo, o uso das cinzas foi adotado como sinal do início do tempo da Quaresma.
Na liturgia atual da Quarta-Feira de Cinzas, utilizam-se as cinzas feitas com os ramos de palmas distribuídos no ano anterior, no Domingo de Ramos. O sacerdote abençoa as cinzas e as impõe na fronte de cada fiel, traçando o Sinal da Cruz. dizendo: "Recorda-te que és pó e em pó te converterás"(Gn 3. 19) e/ou 'Arrepende-te e crede no Evangelho".
Durante a Quaresma devemos orar e refletir sobre o significado das cinzas que recebemos. O arrependimento sincero e o reconhecimento de que somos fracos, limitados e pecadores, nos faz humildes de tal forma que Deus Pai vem fazer morada em nosso coração através de seu filho Jesus. Ele que é o Caminho, a Verdade e a Vida.
Faça um exame de consciência e veja o que precisa ser mudado em sua vida. Não tenha medo do que você vai encontrar ou descobrir a seu respeito. Lembre-se de que o Espírito Santo está sempre contigo. Peça à Ele fé, força e coragem para enfrentar as tribulações.
A Quarta-feira de Cinzas dá início à Quaresma, que não é um tempo de tristeza. É um tempo para reflexão, oração, jejum, penitência, esmola e caridade, na firme esperança de uma mudança radical de vida, culminando na ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, na Páscoa, acontecimento que garantiu também a nossa Páscoa definitiva.
Pe. Eduardo, S.J.

Lembrando à todos que:
     Na Quarta-Feira de Cinzas, bem como também na Sexta-Feira da Paixão, a Igreja nos prescreve o jejum e a abstinência de carne (excetuando-se a carne de peixes)[1].
jejum é fazer apenas uma refeição completa por dia, e se houver necessidade tomar mais duas refeições com quantidades menores que as refeições habituais. São obrigados ao jejum os maiores de 18 anos e menores de 60 anos [2]     
 A abstinência de carne é obrigatória aos maiores de 14 anos de idade.
As pessoas gestantes ou doentes estão dispensadas dessas formas de penitência, o que não as impede de fazer uma outra forma de sacrifício (como por exemplo, comer algo menos saboroso no lugar de algo mais apetitoso, etc). 
[1] Código de Direito Canônico, Cânon 1250 e 1251.
[2] Código de Direito Canônico, Cânon 1252.


Uma Boa e Santa Quaresma à todos!


Um comentário:

  1. Obrigada, pelo teu serviço e SIM a Deus, posso dizer que terei uma ajuda "extra" nessa Quaresma!
    Deus abençoe sempre mais!!!

    Salve Maria!

    ResponderExcluir