Receba as atualizações do † Almas Devotas ➜ Recadastre-se

Enter your email address:

Março - Mês de São José - Dia 5


QUINTO DIA

Oremos para expiar os pecadores que ora se cometem.
São José orava com piedade À tarde, pela manhã, muitas vezes no dia reuniu-se ele com Jesus e Maria, e juntos diziam suas orações ao bom Deus. . . Era Jesus quem presidia... Maria e José respondiam. Oh! quanta piedade, modéstia, atenção e felicidade.
Se lá tivéssemos estado, também teríamos orado com fervor... Não o podemos fazer ainda?
Imaginarei hoje que estou no meio da Sagrada Família, escutarei a oração como se Jesus a fizesse, assistirei a elas com reconhecimento, e responderei sem impaciência, nem precipitação, sem elevar demasiado a voz e sem omitir nenhuma das palavras indicadas.

EXEMPLO

São Bento José Labre teve, desde tenra infância, uma grande devoção a São José, de quem foi um dos mais fiéis imitadores. Humilde e oculto, como seu augusto Patrono, amou de preferência as privações e os sofrimentos. Professando voluntariamente a pobreza, contentava-se com os alimentos mais grosseiros, e do pão que recebia de caridade pública, reservava a maior parte para outros necessitados. Peregrino infatigável, percorria a pé as maiores distâncias e não media perigos e obstáculos para visitar os principais santuários do mundo, acompanhando nessas pias jornadas os sentimentos de São José, quando atravessava as ruas de Jerusalém em busca de Jesus e ia encontrá-lo no templo. Chegado ao termo de cada peregrinação, passava as noites à porta da igreja e as horas do dia no interior, ajoelhado no lugar mais retirado e obscuro, em contínua oração, a escutar a voz de Jesus, presente no Sacramento eucarístico, e embebido nessa doce contemplação que era também as delícias do Santo Patriarca no seu exílio do Egito e na abençoada casinha de Nazaré. Passou os últimos anos em Roma, e aí morreu em 1783, na quarta-feira santa, espalhando-se logo por toda a cidade a notícia de que morrera um Santo. A brevidade com que a Igreja propôs à veneração dos fiéis e a aceitação que tem tido o culto do mendigo tão obscuro e desprezado em toda sua vida, é ainda um traço de semelhança que ele apresenta em relação ao humilde artista de Nazaré que é hoje o Padroeiro da Igreja universal.
Imitaremos a São José como o fez São Bento Labre, procurando, sempre e em toda parte, a presença de Jesus!


Clique aqui para obter as




__________
Retirado do livro: Mês de São José por Mons. Dr. José Basílio Pereira


Nenhum comentário:

Postar um comentário