Receba as atualizações do † Almas Devotas ➜ Recadastre-se

Enter your email address:

Março - Mês de São José - Dia 6



SEXTO DIA
Oremos em união com as pessoas do claustro e do século que se levantam em meio da noite para elevarem suas preces a Deus.
São José era observante do silêncio
Todos os Santos têm amado o silêncio. Duas coisas mais contribuíam para fazê-lo amar a São José: 1° - sua aplicação ao trabalho; ele tinha sua tarefa de cada hora marcada e não se ocupava senão em adiantá-la; 2.° - sua atenção para com Jesus, que lhe enchia o coração e o espírito. Falar é destruir-se, e não executar com perfeição possível a tarefa aceita, é esquecer que se está em presença de Jesus.
Em todas as idades é difícil guardar o silêncio, mas eu vou esta manhã prestar-lhe uma homenagem, reduzindo-me durante algum tempo a só falar o que for de absoluta necessidade.

EXEMPLO
Em seu livro - "Manual completo de São José" - narra o Cônego Bonaccia que, ao ser aprovada no Parlamento subalpino a lei de supressão das casas religiosas na Itália, um bom e humilde religioso, orando a São José, queixou-se-lhe com toda a confiança da sorte que iam ter a sua igreja e seu convento construído havia pouco num sítio do ducado de Placência, com um grande auxílio do santo Patriarca. Mas este veio logo sossegá-lo, lhe aparecendo em sonho, acompanhado da Santíssima Virgem e de multidão de anjos, que lhe dirigiram distintamente estas palavras: "Vós não saireis absolutamente." O religioso, despertando em seguida a visão, sentiu-se calmo e animado. Sucedeu isto em Julho de 1866, e quando a 31 de dezembro do mesmo ano, os agentes da força vieram executar o decreto, em vez de fazerem sair os religiosos, suas palavras foram estas: "Ficai tranquilos, porque vós, assim como alguns outros, não saireis." De fato, o fervoroso devoto de São José com outros seis de seus companheiros ficaram na posse da igreja e do convento.
Nos dias de vexames e perseguição às instituições religiosas, roguemos, a São José que lhes venha em socorro.

Clique aqui para obter as




__________
Retirado do livro: Mês de São José por Mons. Dr. José Basílio Pereira