Receba as atualizações do † Almas Devotas ➜ Recadastre-se

Enter your email address:

Março - Mês de São José - Dia 10



DÉCIMO DIA
Oremos pelas pessoas que gostam de ser vistas e de se mostrar ao mundo.
São José levava uma vida oculta
Todos os Santos mais ou menos têm amado a obscuridade. Que importavam a São José as honras públicas? O sorriso de aprovação de Jesus o contentava. Que lhe importavam as vistas e as conversações dos estranhos? A dulcíssima palavra de Jesus lhe bastava. Para que procuraria eu ser aplaudido em tudo o que faço? Porque me inquietar de não receber um louvor, que julgo merecido? Ó Jesus, concedei-me a graça de procurar agradar no pequeno trabalho que me é traçado, e de só aspirar à aprovação de minha consciência!

EXEMPLO

Soror Maria de São José chamava-se a religiosa carmelita que acompanhou Santa Teresa em quase todas as suas viagens. Dedicada a São José como todas as religiosas de sua Ordem, ela o tomou por seu Santo Padroeiro no dia em que professou, e a Providência quis que residisse habitualmente no primeiro mosteiro fundado em Ávila sob o nome de São José.
A piedosa carmelita procurava em tudo imitar as virtudes do Santo Patriarca, e Deus a submeteu a dolorosas provações, semelhantes às que sofreu na terra o benditíssimo Pai adotivo de Jesus. Os seus últimos quatro dias de sua vida passaram-se numa terrível agonia, sem o uso dos sentidos, e portanto sem a consolação exterior dos socorros espirituais; porém Soror Maria de São José, tolhida de dar qualquer sinal sensível, fazia, como o seu santo Padroeiro, atos internos de abandono à vontade divina, e expirou ditosamente num desses atos.
Sejamos devotos e zelosos e constantes na terra e partilharemos da glória de São José lá no céu.



Clique aqui para obter as




__________
Retirado do livro: Mês de São José por Mons. Dr. José Basílio Pereira